5 de outubro de 2013

|Semanas 24/25/26| Pedro a caminho...

Oficialmente já nas 26 semanas.

Não tenho feito o registo da gravidez como queria. Mas as razões que o levaram a não o fazer não foram as melhores.
Desde há duas semanas que estou em casa de baixa médica. 
No primeiro dia de trabalho, e a meio de uma exaustiva reunião, tive um ataque de ansiedade, daqueles como nunca tinha tido. Só consegui falar assim que cheguei a casa. No dia seguinte já não consegui ir mais trabalhar. Sentia-me sem forças, sem coragem, desgastada... Desde há algum tempo que tinha alguns sintomas, mas nunca liguei. De vez em quando, do nada, o coração disparava, as pernas inchavam, tinha tonturas e as tensões subiam. Desmaios. Dores de cabeça que duravam dias, mesmo tomando o ben-u-ron. Fui ao médico que me disse logo que estava com princípio de depressão. Sim... já tenho tendências para ter depressão. Receitou-me calmantes e baixa para ver se entretanto melhorava. 
Às 24 semanas, fiz as análises que acusaram o valor de hemoglobina baixo. Sei que na gravidez temos tendência para ter anemia, mas tão baixo nunca tinha tido. Daí me sentir tão fraca. Não tomava suplemento de ferro, porque me deixava bastante mal disposta e o médico disse que se já não tenho vontade de comer sem tomar o suplemento, se o começar a tomar piora as coisas. A solução passou por ir ao hospital levar com uma dose de ferro directamente no sangue. Esta segunda vou fazer análises para ver se já aumentou e em princípio levar mais uma dose. Aqui recomendou-me mesmo baixa até ao parto, pois já sei que se for trabalhar, para além de não estar bem emocionalmente, não vou ter forças para conseguir aguentar... aliando ao facto de não conseguir ter uma alimentação equilibrada, pois às vezes fico horas sem comer.

Por consequência, o Pedro já estava com um atraso no crescimento de 12 dias. O médico diz que o normal é ter uma diferença de 7 dias no máximo. Na última eco que fiz já tinha recuperado. E sei que de agora em diante, vai crescer como deve , tendo em conta que agora me sinto muito melhor e levo a alimentação muito à risca. Leva-me a pensar que, se eu da Bárbara tive uma gravidez tranquila, sempre me alimentei bem e andei bem e ela nasceu com 2.680Kg, que fará o Pedro se eu assim continuasse... mas agora nem vou pensar nisso, só tenho de pensar que tudo vai correr bem.

De resto, a barriga continua a crescer, pouquinho é certo... ninguém diz que já tenho 6 meses de gestação. Como diz o médico, você é só bebé :) Até agora o peso ganho foram 2,5Kg, o que é pouco... mas tendo em conta que agora vou ficar em casa, devo ter um aumento mais significativo. Por curiosidade, fui consultar o livro de grávida da Bárbara e por esta altura já tinha aumentado 7Kg...glup!

Isto é que foi um testamento... 

Aqui ficar a minha barriguinha(inha)

6 comentários:

  1. As melhoras daqui por diante, aproveita para descansar e focar-te no teu (vosso) bem estar ;o)

    ResponderEliminar
  2. Estás muito bonita!
    As melhoras e aproveita o descanso!
    Bjs
    Tinita
    oblogdatinita.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Ohhh!!! Espero que já estejas melhor!
    A barriguinha(inha) está linda e vais ver que estas semanas em casa vão fazer-te milagres, a ti e ao Pedro, a vossa saúde em primeiro lugar!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que linda barriga. Que tudo corra bem! :D

    ResponderEliminar
  5. Obrigada são umas queridas. Beijinhos

    ResponderEliminar

Agradeço o teu comentário e a visita! Espero ver-te por cá mais vezes ;)