21 de fevereiro de 2013

Quando o corpo age por vontade própria...

Esta semana consegui realizar uma bonita proeza que foi morder a língua. E isto só vem provar que o corpo, às vezes, fala mais alto. 
O que aconteceu foi que eu na 3ª feira, gulosa que sou, me preparava para comer a penúltima fatia daquele maravilhoso bolo que fiz no fim de semana. Vou na segunda trinca e pimba, língua atingida! Umas dores do raio! Só aí tomei consciência do que andava comer e pensei logo que o corpo me estava a censurar pela má alimentação que tenho tido. Desde há cerca de um mês que tenho uma vontade enorme de comer tudo que me faça mal e desde aí já tenho mais 2Kg em cima. Não é que esteja descontente, estou no peso que tinha antes de engravidar, mas já não estava habituada a este número e nem a roupa, que já ficou um pouco mais apertada aqui e ali e fico logo nervosa… mas nada de mais!
O que eu queria mesmo, mesmo era poder fazer algum exercício físico. Sinto mesmo falta de alguma acção… O corpo mais que agradece…
Desde que nasceu a Bárbara, descuidei-me bastante do meu corpo e queria mesmo ver tudo no sítio e bem tonificado. Mas não está fácil, o tempo é sempre curto e agora sou mãe, e, ou a Bárbara me acompanha numa aula de Body Combat, vestida e pintada a rigor, ou ficamos as duas em casa, e tentamos pôr em prática esta coreografia… 

1 comentário:

  1. Penso que fazer a coreografia já é um começo :) ehehehe

    ResponderEliminar

Agradeço o teu comentário e a visita! Espero ver-te por cá mais vezes ;)