18 de fevereiro de 2013

Co-Sleeping


Nestas últimas noites, a expressão "Co -Sleeping" tem-se tornado num hábito muito regular. E se, para criar um novo hábito são precisos 21 dias, para ela essa regra não se aplica, já que bastam uns minutos para a coisa ficar enraizada.
E tudo isto se deve ao nosso facilitismo, porque há uns dias atrás ela começou a ter medo de dormir no quarto dela. Entrava em pânico sempre que ouvia os vizinhos de cima a aspirar, arrastar cadeiras e afins [verdade seja dita, aquilo às vezes parece uma revolução]. Com isto, deixamos que ela dormisse na nossa cama pelo menos até perder o medo. Parece que o medo dura... ou então anda a aproveitar-se fortemente da nossa boa vontade...
Apesar de achar que ela deve ter o seu espaço e a sua independência, confesso que gosto muito de tê-la a dormir no nosso meio e poder consolá-la sempre que chora, sempre que a chupeta se esconde nos sítios mais recônditos da cama... e com a tosse que tem andado, se dormisse no quarto dela, andaria eu e o marido, num levanta-deita-modo-zombie... Assim, não saímos do quentinho dos lençóis. Também não nos queixamos muito porque temos uma cama grande e onde nos deitamos os três à vontade, senão já não acharia tanta graça... 
Claro que também tem os seus pontos negativos, que na minha opinião são a falta de privacidade [se é que me faço entender] e também a dor de costas com que costumamos acordar, tal é a luta grega que se trava por entre os lençóis...
Posto isto, assumo que sou uma co-sleepinguista... E pensando bem, eles crescem tão depressa, não tarda nada estão a entrar na universidade, por isso há que aproveitar todos os momentos para estar perto deles e mimá-los muito... nem que seja a dormir... :)


4 comentários:

  1. Aiiiiii como te compreendo :)

    A minha L. também dorme imensas vezes connosco e eu sinto o mesmo, adoro tê-la lá pertinho de mim, sei dos contras mas também sei dos prós...

    Eu nunca vi ninguém casar que ainda dormisse na cama dos pais, portanto...sem stress...um dia eles nem nos vão deixar entrar no quarto deles, por isso à que aproveitar:D

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais, temos mesmo que aproveitar enquanto podemos :)
      Beijinho e obrigada pela visita**

      Eliminar
  2. cá em casa é igual...no entanto este ano...tentamos mudar isso ...e ela agora já adormece na cama dela e só vem para a nossa durante a madrugada...:) mas eu sou da tua opinião...é tão bom para eles estarem junto a nós, como +ara nós estar jundto a eles :)

    ResponderEliminar
  3. Da forma como terminaste, disseste tudo. Aproveita enquanto podes, não tarda está uma mulher.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Agradeço o teu comentário e a visita! Espero ver-te por cá mais vezes ;)