22 de junho de 2014

Hello!!! Sim...estamos vivos :)

Pela grande falta de actividade que este cantinho tem, dá para perceber que dois filhos nos ocupam o tempo todo disponível!
Estes últimos meses têm sido de um tudo! Contamos com os melhores e piores momentos das nossas vidas! 
O nascimento do Pedro veio trazer ainda mais alegria à nossa vida. A gravidez meio atribulada, o nascimento que foi uma enorme emoção poder vê-lo logo que veio ao mundo, o amor entre os manos que fortalece a cada dia e que nos deixa derretidos, um amor incondicional e infinito que cabe nos nossos corações... Ser mãe e de dois filhos lindos é um sonho tornado realidade!

Tudo corria maravilhosamente! Estava radiante por poder amamentar o Pedro em exclusivo como sempre quis. Até que no dia 14 de Fevereiro fomos a correr com ele para o hospital pois estava com tosse e muito constipado! Nunca me vou esquecer deste dia...da forma como ele tossia que parecia não conseguir respirar...das lágrimas que corriam, do sentimento de impotência perante o estado dele! Assim que o auscultaram, avisaram-nos logo de que teria de ficar internado. Mas pensamos que não fosse grave! Os dias foram passando os sintomas não amenizavam, por vezes melhorava um pouco mas na hora seguinte piorava ainda mais! Foi-lhe diagnosticada uma bronquiolite aguda e o vírus que o atacou foi o maléfico VSR (provavelmente transmitido pela irmã). Estávamos de coração partido ao ver o nosso bebé de apenas um mês e meio, cheio de tubos e fios e com cateter na ma~e e no pé e já tantas vezes fora picado.Dia 19, quando tudo parecia estar a melhorar, já tinha conseguido mamar e tudo, volta a ter uma recaída e bem mais grave! O maior medo dos médicos era que ele se cansasse de respirar, por ser tão pequenino... e aconteceu mesmo! Nessa noite ele deixou de respirar e teve de ser reanimado. Graças a Deus reagiu, mas os médicos não esperaram mais e pediram a transferência para o Hospital de São João, por não terem meios de o socorrer se voltasse a acontecer e precisasse de apoio na respiração. 

No hospital de S. João foi muito complicado! Não sei à quantos dias não dormia...eu não aguentava estar longe dele, só queria vê-lo, ver que estava a respirar, dar-lhe colo quando chorasse. No dia em que chegamos foi avaliado pela equipa dos cuidados intensivos, mas Graças a Deus não precisou de ser transferido para lá. Esteve 3 dias na sala de observação e por fim (para nosso alívio) foi transferido para o internamento no Joãozinho. Por entre medicação, nebulizações, oxigénio, cateter, máquinas... foi passando e melhorando a olhos vistos. Já conseguia e podia, finalmente, comer! Foram vários dias sem comer e eu sempre a tirar o meu leite, porque não queria mesmo deixar de o amamentar, ainda para mais na condição em que estava! 

Finalmente o pesadelo teve fim no dia 26 de Fevereiro! Foram 14 dias de muito, muito sofrimento...! 

Este vírus que o atacou é muito severo e ainda estamos a lutar contra as consequências que ele deixou! O Pedro ficou com asma do lactente, toma medicação todos os dias para ajudar na respiração e à um mês iniciou exercícios de cinesioterapia. No entanto tem estado bem, faz alguma chiadeira de vez em quando, ou quando faz mais esforço, mas até melhorou bastante com a cinesioterapia! 

A 6 dias dos 6 meses (sim, já vai fazer 6 meses este campeão) mantemos a amamentação em exclusivo, muito orgulhosamente :) Tive de recorrer ao leite adaptado quando saiu do hospital, estive quase para desistir da amamentação, por ele recusar a mama, mas consegui!! Consegui acreditando muito na formula de sucesso  que a pediatra me transmitiu "muitos miminhos, muito colo e amor tudo se resolve".

É isto, nestes últimos meses temos passado bastante tempo entre hospitais e médicos... mas também temos tido momentos maravilhosos na companhia dos nossos filhos! Se eu pensava como seria amar os dois... na verdade é que é inexplicável este amor, só vivido se compreende. 

Eles dão-se muito bem! Adoram-se e têm uma enorme cumplicidade! 


Peço desculpa pelo testamento, mas foram vários meses sem dar notícias! Espero conseguir manter este cantinho actualizado! Obrigada pelo vosso carinho <3

11 comentários:

  1. As melhoras e parabéns pela força.
    Mas os filhos são mesmo a nossa alavanca!

    Felicidades.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pela força e as melhoras completas do Pedro.

    Os nossos filhos são sempre a nossa alavanca.

    Felicidades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Lua :) Sem dúvida fui buscar as forças neles, de outra forma não teria aguentado.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Bem isso é que foi um grande grande susto! Só de imaginar vieram-me as lágrimas aos olhos. Deve ter sido horrível, mas o importante é estar tudo a compor-se. Eles estão muito bonitos os dois, e eu tenho vindo assiduamente espreitar este cantinho. Espero que corra tudo pelo melhor com vocês. bjs grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Cristina :) Foi um susto enorme, mas graças a Deus está bem. És uma querida, obrigada por cá vires sempre, mesmo eu não actualizando o blog :) Como estás tu? Já está para breve o novo rebento? :) Beijinho enorme para ti e para o Rafa <3

      Eliminar
    2. Eu tenho estado bem! Ainda estou a trabalhar e espero continuar! :) Estou com 29 semanas, o Simão vai chegar no fim de Setembro!
      O mano Rafael anda todo entusiasmado e ansioso, diz que está farto de esperar e já quer o mano cá fora. Tão fofo <3 Espero que esteja tudo bem com vocês. Bjs

      Eliminar
  4. Ao tempo que não passava cá, ao ler este episódio não posso deixar de sentir a tua dor nesses dias dolorosos, imagino que a tua dor tenha sido imensa, e com 2 filhos pequenos a precisar de atenção, Ainda bem que tudo já está a voltar à normalidade apesar das mazelas, espero mesmo que tudo fique bem, és uma mulher forte conseguires manter a amamentação exclusiva é mesmo muito nobre da tua parte, És uma mãe maravilhosa! beijinhos grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada <3 É verdade que foram dias que eu quero esquecer! A dor de ver um filho a lutar pela vida e eu sem poder fazer nada... senti-me impotente perante toda a situação. Mas sabia que lhe poderia dar o melhor assim que estivesse recuperado, que era o leite materno e nunca desisti :) Espero que esteja tudo bem contigo e com o teu filhote :) Beijinho grande <3

      Eliminar
  5. Quanto sofrimento aguentaram. Felizmente está tudo bem agora. Uf. Nestas coisas só o amor vence. Beijinhos e tudo de bom :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disseste tudo... "só o amor vence"! Muito obrigada pela força <3 Um beijinho grande :)

      Eliminar
  6. Olá. Tenho o meu Gui de oito meses. Também ele apanhou aos cinco meses bronquiolite e ainda hoje tem sintomas e é medicado. Não foi tão grave como com o teu pequenino, talvez por ser mais velho e porque não deve ser o mesmo vírus, uma vez que não sei qual é o que o Gui teve. Muitas idas para o centro de saúde, de idas para as urgências do Hospital São João, e muito dinheiro gasto e mais aparelhos e medicamentos. Hoje quase não chia, só em raras ocasiões, e como ainda tem mais dois meses de bombas, tenho esperança que passe. Está a ser seguido na pediatra do hospital e espero que fique bem. Mas o medo que fique sempre com asma ou bronquite está cá dentro. O que vale é que quase nunca fez febre, deixou de comer ou deixou de respirar. Mas também teve ataques de tosse de quase não conseguir respirar, o que me deixava em pânico, mas foram muito poucos graças a deus. Boa sorte. Que passe tudo e ele fique bem e que tudo corra pelo melhor. Beijinhos

    ResponderEliminar

Agradeço o teu comentário e a visita! Espero ver-te por cá mais vezes ;)